+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Mortes em massa de elefantes em Botswana causadas por bactérias: gov

Publicado em 23 Setembro 2020 pelo Clube Of Mozambique


Centenas de elefantes que morreram misteriosamente no famoso Delta do Okavango em Botswana sucumbiram ao envenenamento por cianobactérias, revelou o departamento de vida selvagem na segunda-feira.

O país sem litoral da África Austral possui a maior população de elefantes do mundo, estimada em cerca de 130.000.

Mais de 300 dos paquidermes morreram misteriosamente desde março, com suas presas intactas descartando a hipótese de que foram mortos por caçadores furtivos.

“As mortes foram causadas por envenenamento por cianobactérias que cresciam em potes” ou bebedouros, disse aos repórteres o veterinário principal do Departamento de Vida Selvagem e Parques Nacionais, Mmadi Reuben.

Reuben disse que as mortes “pararam no final de junho de 2020, coincidindo com a secagem das panelas”.

Um primeiro relato de mortes incomuns de elefantes em 25 de abril identificou casos perto da vila de Seronga, e os números começaram a aumentar no mês seguinte.

De acordo com as autoridades de vida selvagem, cerca de 330 animais morreram e os exames de sangue foram consistentes com a descoberta de que uma espécie de cianobactéria que produz neurotoxinas era a causa.

Os testes foram realizados em laboratórios especializados na África do Sul, Canadá, Zimbábue e Estados Unidos.

As autoridades descartaram o antraz ou o envolvimento humano, como a caça ilegal, de acordo com Cyril Taolo, vice-diretor do Departamento de Vida Selvagem e Parques Nacionais.

O governo disse que continua os estudos sobre a ocorrência da bactéria.

No inverno, os elefantes se hidratam principalmente comendo raízes e cascas, especialmente do baobá.

 

Fonte: Club Of Mozambique

Leave a Reply

0 Shares 88 views
Copy link
Powered by Social Snap
Login