+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Japão diz que deve ser membro permanente do Conselho de Segurança da ONU

22/09/20 09:19 ‧ HÁ 3 HORAS POR LUSA


O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Toshimitsu Motegi, fez hoje um apelo à reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) e expressou o desejo de o seu país se tornar membro permanente do organismo internacional.

Numa mensagem de vídeo publicada por ocasião do 75.º aniversário da ONUMotegi pediu a ampliação do número de membros permanentes do Conselho de Segurança para o tornar “um órgão efetivo e representativo”, que reflita as realidades da comunidade internacional do século XXI.

órgão é atualmente composto por 15 membros, cinco permanentes (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França; um reflexo do esquema de poder na época da criação da ONU, após o fim da Segunda Guerra Mundial) e dez membros não-permanentes.

O Japão ocupou um dos dez cargos rotativos onze vezes, desde que ingressou nas Nações Unidas em 1956.

Os Estados membros da ONU “não podem concordar com o ‘status quo‘”, disse Motegi na sua mensagem em inglês, na qual assegurou que “o Japão está totalmente preparado para cumprir as suas responsabilidades como membro permanente do Conselho de Segurança e contribuir para garantir a paz e estabilidade mundial”.

“As crises que temos de enfrentar através do multilateralismo estão a aumentar em diversidade e escala”, disse o chefe da diplomacia japonesa, exemplificando a sua posição com a pandemia de covid-19.

O ministro referiu ainda que os membros “com capacidade e disposição para assumir as responsabilidades maiores, deveriam ter assentos num Conselho de Segurança ampliado”.

Motegi fez estas declarações um dia antes dele e os seus homólogos da Índia, Alemanha e Brasil realizarem uma reunião online na qual deverão tratar da esperada reforma do Conselho de Segurança da ONU, ao qual os quatro países aspiram tornarem -se novos membros permanentes.

 

Fonte: Mundo Ao Minuto

Leave a Reply

0 Shares 91 views
Copy link
Powered by Social Snap
Login