+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

China exige que Brasil pare de “politizar” origem do novo Coronavírus

Publicado em:


A China exige que o Brasil pare de fazer declarações que “interfiram com a cooperação bilateral e confiança mútua” entre os dois países, nomeadamente sobre a origem do novo Coronavírus, disse o embaixador chinês em Brasília, Yang Wanming.

Numa videoconferência com três ministros brasileiros, o diplomata reiterou que a China “se opõe firmemente a qualquer politização e estigmatização da origem” da COVID-19.

Segundo a embaixada chinesa no Brasil, citada pelo Notícias ao Minuto, Yang Wanming defendeu que “a identificação da origem do novo Coronavírus é uma questão científica, que deve ser investigada por cientistas de todo o mundo”, acrescentando que a China continua disposta a trabalhar com o Brasil para vencer a pandemia o mais rápido possível.

Yang Wanming falava numa videoconferência com o novo ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo um comunicado, os ministros agradeceram o apoio chinês ao combate contra a pandemia e sublinharam que as relações comerciais com a China têm apoiado a recuperação económica do Brasil e melhorado a qualidade de vida dos brasileiros.

A videoconferência aconteceu poucos dias depois de o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ter levantado suspeitas sobre a origem do SARS-CoV-2.

“É um vírus novo. Não se sabe se nasceu em laboratório ou se foi de um homem que comeu um animal. Sabemos que há guerras bacteriológicas”, declarou o Presidente brasileiro, na quarta-feira passada.

Um relatório conjunto da Organização Mundial da Saúde e especialistas chineses, divulgado em março, concluiu que a transmissão do SARS-CoV-2 de morcegos para humanos através de outro animal é o cenário mais provável para explicar o início da pandemia, considerando “extremamente” improvável um incidente num laboratório.

Fonte: 

Leave a Reply

1 Share 73 views
Copy link
Powered by Social Snap