+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Ataque bombista em hotel de embaixador da China faz quatro mortos

 93 total views,  4 views today

Publicado em: 22/04/2021


Um ataque bombista na cidade de Quetta, sudoeste do Paquistão, num hotel onde se encontrava hospedado o embaixador da China no país, fez pelo menos quatro mortos e 12 feridos, anunciaram as autoridades.

O ministro do Interior do Paquistão, Sheikh Rashid Ahmed, classificou o ataque na província do Baluchistão como “um acto de terrorismo”, confirmando que estava hospedada no hotel atacado uma delegação chinesa de cerca de quatro pessoas, chefiada pelo próprio embaixador.

“O embaixador (chinês) encontrava-se no exterior para uma reunião quando ocorreu a explosão”, disse o ministro, citado pela AFP.

De acordo com as autoridades, a bomba explodiu no parque de estacionamento do hotel de luxo Serena, na cidade de Quetta, a menos de uma centena de quilómetros da fronteira com o Afeganistão.

Azhar Ikram, um oficial da polícia de Quetta, adiantou que os explosivos estavam num dos veículos estacionados no parque, de acordo com informações preliminares.

O ataque não foi reivindicado imediatamente e a região tem sido palco de ataques semelhantes por diversos grupos armados radicais islâmicos.

Um dos grupos que se opõe ao Governo do Paquistão, o Exército de Libertação do Baluchistão (BLA), tem denunciado o aproveitamento dos recursos locais pelo Governo afegão e pela China.

De acordo com a AFP, o hotel de luxo – com vista para o porto de Gwadar, usado pela Marinha de Guerra chinesa – foi atacado em Maio de 2019, seis meses após um ataque ao consulado chinês em Karachi, a maior cidade do Paquistão.

Fonte:

Notícias de Moçambique Hoje

 

Leave a Reply