+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login
+258 84 422 6560 Info@safetravel.co.mz       | B2B Portal
pt Portuguese

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation and you can also rate the tour after you finished the tour.
Username*
Senha*
Confirmar Senha *
Nome*
Apelido*
Data de Nascimento *
Email*
Celular*
País*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Passageiros relatam pânico em voo da LAM

Publicado em: 10/06/2021


Voo TM315 da LAM com destino a Maputo é obrigado a retornar a Pemba depois de quebra de vidro frontal. Incidente ocorreu após 40 minutos de voo: “Sentimos o avião a descer e começamos a ficar em pânico”, diz passageira.

Passageiros que embarcaram no Boeing 737 das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que saiu de Pemba com destino a Maputo, no início da tarde desta quarta-feira (09.06), viveram momentos de pânico.

A aeronave foi obrigada a regressar ao aeroporto de origem cerca de 40 minutos depois de ter iniciado o voo à capital moçambicana devido a um problema num dos vidros frontais. O avião transportava 77 passageiros e seis tripulantes.

“Sentimos do nada o avião a descer de uma forma brusca. Começamos a ficar em pânico, todos nós ficamos assustados e não tínhamos qualquer informação por parte da cabine. Depois, a aeromoça explicou o que estava a acontecer e informou que estávamos a descer, a voltar para Pemba. Quando chegamos a Pemba, tivemos a informação que o vidro do piloto rebentou”, diz uma das passageiras ouvidas pela emissora STV.

“Decidiu sem pensar muito”

Outra passageira ouvida pela mesma emissora disse que notou a entrada de “muito ar” no interior da aeronava, que passou a sofrer uma “inclinação”. “Tivemos esta situação por um tempo”, relata.

Flughafen Maputo
Passageiros deveriam chegar esta quarta-feira a Maputo, mas voo foi transferido

Conforme publica a agência de notícias Lusa, citando o portal de tráfego aéreo Flighradar24, o avião desceu de 10 mil para 3 mil metros de altitude em cerca de cinco minutos, antes de fazer meia-volta – tal como preconizado pelos manuais de voo, segundo a companhia, por forma a equilibrar a pressão no interior do avião com a pressão atmosférica.

O diretor da LAM, João Carlos Pó, disse que o comandante estava em pleno voo e notou que, na janela fixa do seu lado, ocorreu a chamada “delaminação”. “Ele decidiu, sem pensar muito, que era para voltar e avaliar a situação no chão”, explicou Pó à STV.

Neste momento, decorrem investigações para apurar as causas do incidente. Uma fotografia de uma outra janela frontal, que foi aberta normalmente pelo piloto já depois de o avião ter aterrado, circula nas redes sociais como se fosse a janela que se tinha partido durante o voo. Esta informação foi desmentida por uma fonte da LAM, ouvida pela agência Lusa.

A deslocação dos passageiros de Pemba a Maputo foi transferida para esta quinta-feira (10.06).

Fonte:

 

Leave a Reply

2 Shares 29 views
Copy link
Powered by Social Snap